05.06.2015

A Eurodeputada do PSD apela a que as empresas madeirenses procurem novos parceiros estratégicos na Região dos Açores, Ilhas Canárias, Cabo Verde, Mauritânia e Senegal para poderem aproveitar os 111 milhões de Euros do novo programa INTERREG ontem aprovado pela Comissão Europeia.

Segundo Cláudia Monteiro de Aguiar “felicito a decisão da Comissão Europeia e entendo que esta é uma oportunidade fundamental para as nossas empresas desenvolverem projectos transfronteiriços na área do turismo, economia do mar e energia que poderão alavancar o desenvolvimento económico e a criação de emprego”.

O programa aprovado pela Comissão Europeia pretende estimular uma maior cooperação ao nível da investigação e desenvolvimento entre as regiões europeias (Madeira, Açores e Canárias) e africanas (Cabo Verde, Mauritânia e Senegal). Outra das prioridades do programa Interreg é a análise aos desafios climáticos, devendo ser tido em conta a conservação e a protecção do ambiente através de intervenções a realizar em espaços naturais debilitados.

“A criação de redes regionais com congéneres europeus e africanos poderá potencializar o desenvolvimento de novos projectos que são uma mais-valia para a Madeira, tais como as estações náuticas, energias renováveis ou investigação universitária que potencializem a Madeira à escala internacional como região cada vez mais competitiva e inovadora”, refere Cláudia Monteiro de Aguiar.

O financiamento europeu será de 111 milhões de euros que, por sua vez, será complementado com uma contrapartida nacional de 19 milhões de Euros, o que perfaz um investimento global até 2020 superior a 130 milhões de Euros.

Importa ressalvar que este é o quarto programa Interreg e que a respectiva gestão cabe ao Governo regional das Ilhas Canárias, em estreita cooperação com o Ministério das Finanças espanhol e a Agência para o Desenvolvimento e Coesão em Portugal.