15.01.2015

A Deputada do PSD reuniu, esta semana em Estrasburgo, com o Comissário Carlos Moedas com o intuito de explorar as oportunidades europeias de financiamento dos próximos sete anos de programação financeira de que Portugal poderá vir a beneficiar.

Segundo Cláudia Monteiro de Aguiar “o objectivo deste encontro foi acima de tudo traçar um conjunto de orientações que permitam atuar em Bruxelas no sentido de apoiar instituições e empresas portuguesas a tirar o melhor partido possível do Programa Horizonte 2020. São cerca de 80 mil milhões de euros para o apoio a actividades de investigação e inovação. Há ainda o novo Plano de Investimento apresentado recentemente pela Comissão Europeia que merece também uma análise atenta para que possamos, em sede própria, orientar a sua aplicabilidade.

Durante a reunião, a Eurodeputada madeirense analisou ainda novas vias europeias de financiamento para as actividades que estão directamente ligadas à criação de riqueza e geração de emprego para Portugal, dando uma especial atenção à Região Autónoma da Madeira, pela sua condição de Ultraperiferia.

Junto do Comissário Carlos Moedas, a Eurodeputada destacou a importância fulcral que deve ser dada à Economia Azul (Pescas, Aquacultura, Biologia Marinha) ou ao Turismo sobretudo o turismo náutico e todas as suas actividades intimamente ligadas ao mar.

“O Mar tem um potencial enorme que tem de ser aproveitado. Este é o momento de Portugal e das suas Regiões Autónomas aplicarem os 400 milhões de euros para aumentar a sua dimensão atlântica e captar maior riqueza através de todas as actividades inerentes a este sector. Não podemos contentar-nos com a sua representação de apenas 3% do PIB. Este é o momento de alavancar a economia portuguesa, não só mas também, através da economia azul.” – refere Cláudia Monteiro de Aguiar

A Deputada do PSD defendeu ainda que é minha intenção saber todas as fontes de financiamento que se encontram disponíveis a nível europeu. As empresas e entidades públicas não se devem limitar-se a obter financiamento dos fundos da Política de Coesão que entram agora em vigor. É necessário explorar o Horizonte 2020 para fazer deste tempo, o momento de viragem para o desejado e esperado crescimento económico”.

Importa salientar que o Programa Horizonte 2020 financia as actividades de excelência científica, liderança industrial e desafios societais, podendo beneficiar dos fundos europeus as entidades que sejam capazes de estabelecer parcerias estratégicas com outras entidades de origem geográfica distinta e que não operem na mesma área de actividade.

Já o Plano de Investimento apresentado recentemente pelo Presidente da Comissão Europeia pretende financiar grandes projectos europeus de energia, transportes, telecomunicações, educação ou inovação.

 

Sobre Cláudia Monteiro de Aguiar

Licenciada em Sociologia pela Universidade do Minho e com uma Pós – Graduação em Comunicação e Marketing, Cláudia Monteiro de Aguiar é uma das mais jovens Eurodeputadas no Parlamento Europeu. Nascida no Funchal, a 8 de Abril de 1982, foi a escolhida pelo Partido Social Democrata para representar a Madeira, na Europa.

À escala nacional Cláudia M. Aguiar exerceu, desde Julho de 2011 até Maio de 2014, funções como deputada à Assembleia da República onde foi membro das comissões para os Assuntos Europeus e Economia, Obras públicas.

No Parlamento Europeu

Membro

  • Comissão dos Transportes e do Turismo TRAN
  • Delegação à Comissão Parlamentar Mista UE-Turquia D-TR

Membro Suplente

  • Comissão das Pescas PECH
  • Delegação para as relações com a República Federativa do Brasil D-BR
  • Delegação para as relações com o Mercosul DMER
  • Delegação à Assembleia Parlamentar Euro-Latino-Americana DLAT